Relato: atendimento animal com ThetaHealing® em maritacas

12/07/2018

Em um momento de prática/atendimento durante um seminário de ThetaHealing® Animal realizado em Belo Horizonte, a Tereza, dirigente da ONG Asas e Amigos fez a comunicação animal do ThetaHealing com um grupo de maritacas resgatadas que estavam lá.

 

Em um atendimento de ThetaHealing Animal, realizamos a comunicação animal e então todas as técnicas do ThetaHealing que são usadas em pessoas humanas.

 

Segue o relato escrito pela própria Tereza:

 

"Minha experiência com o ThetaHealing em animais foi mto forte e marcante.

 

Escolhi para tratar um grupo de maritacas que tiveram seus pés amputados devido ao modo de transporte ao serem traficadas.

 

Inicialmente elas estavam muito agitadas.

 

Ao iniciar a técnica uma delas veio para conversar intuitivamente.

 

Ao acessar o Eu superior dela, todas se calaram e ela foi uma representante do grupo.

 

Ao perguntar o que as incomodavam foi dito que estavam revoltadas pela situação em que estavam e que elas acreditavam que não mereciam a liberdade.

 

Utilizando o Digging que se aprende no curso de ThetaHealing, perguntei se já tinham sentido isso antes e me mostraram a imagem clara de quando foram retiradas dos ninhos.

 

Em seguida, com a intenção de perguntar se elas tinham se sentido assim antes disso, me mostraram uma imagem que me impressionou mto.

 

Vi alguns escravos unidos por correntes nas pernas.

 

Pedi o cancelamento e substituição da crença de não poderem ser livres.

 

Pedi a cura dos fragmentos de almas, limpeza do campo energético delas e também a restauraçao energética dos membros faltantes.

 

Enviei amor incondicional.

 

Senti que houve uma cura desses seres.

 

Sou muita grata por participar desse processo."

 

Após todos os alunos do curso terem feito o atendimento com alguns animais, nos reunimos para compartilharmos o que tinham ocorrido com cada animal e quando a Tereza compartilhou esse relato, ficou muito claro que esses espíritos estavam se curando de uma experiência traumática onde foram escravos humanos em uma outra vivência e que vieram nessa vivência como maritacas.

 

Muito provavelmente a escolha da cura como maritacas ocorreu por ser mais fácil do que em uma possível vivência como humanos novamente, já que é muito comum nos animais não-humanos a mente e o Ego estarem menos ativos, favorecendo processos de cura, a expressão do amor incondicional e uma menor identificação com o trauma e sentimentos/emoções de baixa vibração.

 

O ThetaHealing é realmente transformador.

 

- Ricardo Garé

Instrutor e terapeuta de ThetaHealing, Mestre em Reiki, Terapeuta Floral e Veterinário Holístico

www.facebook.com/reikiveterinario

www.facebook.com/PlenitudeTheta

www.thetahealing.com/RicardoGarePlenitude

 

Para saber mais sobre atendimentos de ThetaHealing e agenda dos seminários e cidades que ministramos envie um email para contato@plenitudetheta.com.br ou acesse a agenda aqui: agenda de seminários.

 

Please reload

POSTS RECENTES
Please reload

ARQUIVO
Please reload

BUSCA POR TAGS