Pessoas, simplesmente pessoas


Olá amigos!

Como será nossa visão de mundo quando começarmos a fazer um simples exercício?

Percebo que haverá uma revolução em todo nosso entendimento sobre tudo.

Qual exercício seria esse então?

Pare um pouco nesse momento e imagine que não há diferença entre as espécies.

Imagine que cada ser é uma pessoa, assim como você.

Cada ser com certeza pensa, tem emoções, sente alegria, tristeza, luto pela perda, busca a liberdade e felicidade e evita a dor e a morte.

Cada ser se percebe e percebe sua relação com o meio ao seu redor.

Esse é exatamente o que uma pessoa significa e aprendemos por tempo demais que somos pessoas e os animais não-humanos são algo diferente, mas não pessoas.

Separamos entre humano e o resto, que chamamos de animais.

Mas o que chamamos de animais e eu chamo também de animais não-humanos, dentro do significado de pessoas, também sentem tudo isso.

Eles se enquadram no significado de pessoas.

O exercício que proponho é esse:

No seu próximo encontro com um animal não-humano, pare, respire, se acalme e olhe para esse ser como uma pessoa.

Olhe para ele como você olharia para outra pessoa humana qualquer. Adulto, criança, idosos. Tanto faz. Não importa.

O perceba realmente como uma pessoa, sem diferença nenhuma, exatamente nenhuma com as pessoas humanas que você cruza todo dia.

Como você se sente?

Como você percebe esse animal?

Há uma conexão e sentimento de totalidade?

Comece a olhar e perceber todos os animais como pessoas. Independente se voa, se nada, se tem pelos, penas, escamas, se anda de pé e fala, se late, muge ou mia.

Abraços reikianos a todos!

Que os corações de todos se iluminem de consciência e amor.

Ricardo Garé

Veterinario e mestre em Reiki

#reikiveterinario #reikiemanimais #animalreiki

133 visualizações

© 2016 Estúdio MUNI

CONTATO

RECEBA NOSSO

INFORMATIVO