Importância do Enriquecimento Ambiental para cachorros

Lembram do texto anterior, em que foi abordado sobre hábitos ideais para o dia-a-dia do seu cão?

Um dos itens essenciais dessa rotina é o enriquecimento ambiental. De forma simples, enriquecer o ambiente é inserir no local onde seu cão vive elementos simples, criativos e de fácil interação, fornecendo opções de escolha e possibilidades para expressarem comportamentos e habilidades adequadas à espécie. Este ambiente não precisa ser selvagem, nem impedir que o cão suba no sofá ou durma na cama. O que precisa, de fato, é ser menos óbvio, mais desafiador e ter um pouco de complexidade.

Sabe aqueles probleminhas comuns em todos os lares com cães? Destruição, latidos excessivos, obesidade, agressividade, medo em excesso, falta de apetite e compulsões podem ser atenuados e até solucionados com mudanças simples na rotina. “Se o cão destrói o sofá ou rouba uma comida da pia, ele está buscando coisas para tornar o dia dele mais legal, para se livrar do tédio. São comportamentos naturais do cão, mas com coisas que não são para ele”.

A seguir, você vai ver algumas dicas de atividades que ocuparão a mente do cachorro e promoverão o gasto de energia (destacando que os passeios, aqui pensados como atividade física, são também essenciais).

Físico: consiste na formação de novos ambientes, valendo-se de obstáculos físicos, estruturas que sejam desafiadoras aos animais, áreas de fuga, simulação de tocas e abrigos, alturas diversas, etc. Podem ser permanentes ou temporários, porém é necessário que ocorram alterações periódicas, mesmo que sutis, uma vez que o ambiente enriquecido se torna pobre e fica óbvio com o tempo.

Social: Permita que seu cão brinque com outros cães. Uma das melhores e maiores diversões é a brincadeira com animais da mesma espécie. Além de se divertirem, os cães aprendem a se comunicar com seus amigos cães, através de linguagem própria da espécie. Por isso, busque parques e praças cercados, para soltar seu cão. Outra possibilidade, são os daycares educativos ou creches para cães. Pesquise locais que busquem desenvolver todos os sentidos dos cães, não apenas a socialização.

Sensorial: é a introdução de elementos que estimulam os sentidos dos animais: tato, audição, visão, olfato e paladar. Dar ao cão estímulos, como sentir diferentes cheiros dentro de casa, escondendo petiscos, durante o passeio deixando o cão cheirar à vontade e no tempo necessário. Brinquedos com som, musica, tipos de chão para pisar. Grama, asfalto, rampas, escadas, pedrinha, areia, água. Jogar bolinha ou outro objeto para ele pegar.

Alimentar: consiste em oferecer a dieta de forma a gerar estímulos comportamentais. Evite dar comida no pote. Procure brinquedos que liberem a ração aos poucos. Isso fará com que o cão passe mais tempo comendo, se divirta e tenha estímulo mental. Ele utilizará o faro e solução de desafios, como seria necessário em um habitat natural.

Cognitivo: é estimular a capacidade mental do cão, valendo-se de jogos e brinquedos que promovem desafios e oferecem uma recompensa, na maioria das vezes, alimentar. Brinque de caça ao tesouro. Ao invés de dar o petisco na boca do cão, esconda dentro de uma caixa de papelão, ou esconda pela casa (atrás do sofá, embaixo da mesa, etc). Além dele utilizar o olfato para procurar, vai precisar empurrar objetos para alcançar o que deseja. Com isso, ficará menos tempo executando aqueles comportamentos indesejáveis. Outra opção, são os quebra-cabeças (tabuleiros) para cães, com diferentes níveis de dificuldade.

Idéias:

• Busca por alimento: Esconda petiscos e estimule seu cão a procurá-los. Com o tempo, ele fará uma busca em cada canto do seu espaço para encontrar a recompensa. Aos poucos dificulte os esconderijos, ele vai adorar a brincadeira;

•Brinquedos com petiscos: Existem brinquedos de borracha que são extremamente resistentes, com interior oco, feitos o para guardar biscoitos ou petiscos. Conforme o cachorro rodar e empurrar o brinquedo, os petiscos cairão pouco a pouco pelos buracos que a superfície possui. Tapete de fuçar é uma outra idéia ótima e fácil de fazer.

• Gelo: Congelar alguns pedaços de frutas ou petiscos dentro de tigelas com água, proporcionará uma diversão refrescante para pets de todas as idades e reconfortante para os que estão trocando os dentes;

• Roer e destruir: Essas atividades são as que mais entretém os cachorros. Despedaçar uma bola ou destruir um coco verde são excelentes passatempo para eles. Galhos grossos de goiabeiras por exemplo também são bons;

• Sociabilização: Estar em companhia de outros cães é um dos maiores enriquecimentos que você poderá proporcionar para o seu animal. Eles vão brincar entre si, testar forças e se esbaldar. A relação com outras espécies, como gatos e humanos, também é muito importante;

• Esconde-esconde: Quando estiver em casa, que tal se socializar com seu animal voltando a ser criança? Brincar de se esconder vai gerar uma recreação agradável para vocês dois;

Esses são alguns exemplos de enriquecimento ambiental que podemos proporcionar aos cães.

Usando a criatividade e conhecendo as particularidades de cada cão, é possível inventar várias atividades que o entretenham, mantendo-o mentalmente ocupado.

É sempre bom lembrar também que os cães precisam se exercitar para gastar energia. E além disso, eles precisam de companhia, já que a espécie vive em matilha e não gosta de ficar sozinha por muito tempo. Então, aproveitem o tempo juntos!

Observação importante: se o cão tiver tendência a engolir pedaços de objetos, as brincadeiras deverão ser sempre supervisionadas para evitar acidentes, como obstrução gástrica. Dessa forma o enriquecimento ambiental será muito bem-sucedido.

Próximo artigo: Passeios e o Desafio do passeio.

Fotos: Intagram de @loki_logan e @dangothecorgi

Quer marcar uma consulta de comportamento para seu cachorro? Nós realizamos esse trabalho.

É só você clicar aqui: Atendimento de Educação Canina

Abraços

Tathiana Carlovich

Educadora Canina e terapeuta holística com ênfase no bem-estar animal em conjunto com o Reiki e o ThetaHealing

#reikiemanimais #reikiparaanimais #reikiveterinário #enriquecimentoambientalanimal #enriquecimentoambientalcachorros #exercíciosparameucachorro #cachorrodestrói #cachorroansioso #cachorroestressado #educaçãoanimal #educaçãocanina #educadoraanimal

• Blog •

Imagem do post

A Comunicação Intuitiva/Telepática é real? Pesquisa científica explica

Imagem do post

Curso Inicial de Comunicação Animal entre Consciências – edição Santuário Animal Rancho dos Gnomos

Imagem do post

Palestra Reiki e Dor – 3º Simpósio de Med. Veterinário Integrativa da Faculdade de Med. Vet. da USP